O último romântico

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

| | |
Mais um textos escolhido das minhas andanças pela net
Estou simplesmente apaixonada por esse texto
É lindo, delicado e traduz exatamente a verdade

=)



Homens precisam passar segurança. Não precisam ser fortes ou algo assim. Podem ser baixinhos, gordinhos e com pouco talento para as artes marciais. Mas precisam passar segurança ao entrelaçar os dedos na gente, meio que como nos gritassem que tudo vai dar certo.
Homens precisam ter um colo paterno, mas saber que não são nossos pais. Homem é um misto de irmão mais velho cuidadoso, irmão mais novo implicante e primo safado do interior.
E para nós, mulheres, detalhes nunca são meros detalhes; sempre são enormes e significativos. Aquele bilhetinho deixado quando você saiu mais cedo para trabalhar, aquela hora em que você me ligou só para me lembrar do meu anticoncepcional, quando você tira as cebolas das pizzas porque sabe que eu não gosto ou nas horas em que você coloca a mão na minha coxa enquanto dirige – ou até mesmo quando dorme como um fóssil no banco do carona, nas horas em que a gente reveza a direção.
Para me agradar, não me dê flores, chocolates ou ursinhos de pelúcia. Me dê cartões. Escreva coisas estúpidas e bobas que me farão rir como uma criança. Depois disso você pode comprar flores, chocolates e ursinhos. Você pode até me dar um helicóptero todo rosa pink, com minhas iniciais na porta. Mas se não tiver um cartãozinho surpresa com teus garranchos, não será a mesma coisa, entende?
Outra coisa que homem tem que ter é pegada. Mas não achar que pegada significa arrancar tufos do meu cabelo. Tem que saber apertar meu rabo de cavalo sem tirar nenhum fio dali. Vai por mim, homens que machucam demais na hora da transa não são  bons de cama. Homem tem que ser atencioso, seja para perceber que cortamos dois dedos do cabelo ou para distinguir nossos gemidos de “tente mais um pouco” e de “não para, pelo amor de Deus”.
Homens não precisam ser um Fred Astaire, mas é importante que tenham a coragem de nos tirar para dançar. E não menos importante: que não tenham vergonha caso nós o tiremos para dançar; afinal, não vim a esse mundo necessariamente para ser escolhida. No momento da valsa, é de bom tom que eles nos carreguem pela mão e nos unam em teu corpo. Porém, corpo não é tudo. Gosto de homem-cabeça. Os homens quem leem são mais interessantes. E ser interessante vale mais do que olhos azuis e peitoral malhado.
Surpresas também sempre são bem-vindas, caros homens. Seja um SMS bonitinho enquanto estou numa aula chata ou me levar aquela trufa de marula que você sabe que eu adoro. Entendam que presentes não são o preço que custaram. Como próprio nome já diz, presentes são para fazer presença. Então, quanto mais eu fizer presença em tua vida, saberei que faço parte dos teus dias também, assim como você faz dos meus.
Em dias nublados, homens, é uma boa estratégia sair com casacos, mesmo que não estejam sentindo frio. Hormonalmente, mulheres sentem mais frio do que os homens; e é por isso que o seu casaco extra pode ser importante nesses momentos. Mas não se esqueçam de nos abraçar. Melhor do que casaco de lã é par de braços perfumados.
Sorria das minhas caretas, mas sem deboche. E me faça sorrir também. Homens precisam saber nos fazer sorrir – mesmo que não sejam exímios contadores de piada. Cada um tem a sua arma provocadora de riso: sejam as cócegas, as caretas, se sujar ao lavar a louça ou comprar o box de The Big Bang Theory. Mas me faça sorrir. Entenda que chave para o coração de uma mulheres está nas gargalhadas que ela solta ao seu lado


Fonte: Casal Sem Vergonha

3 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Dia desse na aula de violão eu disse para um dos alunos: "você tem que tocar o violão como se toca uma mulher, não com força, mas com firmeza." Acho que é por aí.

Beijo meu!
Alcides

_TaTHa_ disse...

Alcides

Eu não toco violão, mas posso assegura que um toque firme, e não forte, passa segurança. Dai a gente gama...rs

=)

António Jesus Batalha disse...

Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
António Batalha.