VALOR DO TEMPO

domingo, 30 de agosto de 2009

| | |
Qual o valor do tempo? O que ele significa?
Em meio a uma sociedade em que a comunicação tornou-se instantânea, as barreiras geográficas foram quebradas; os relacionamentos são apenas por uma noite; os produtos, descartáveis e os valores, mutantes.
Todo mundo vive atrasado, o relógio é o imperador e as ordens vem sutilmente num simples passar de olhos pelos seus ponteiros, ecoando: “você está atrasado”.
Isso me fez lembrar do Relojoeiro Maluco, personagem de Alice no país das Maravilhas: estou atrasado, atrasado, atrasado.
E hoje?Alguém sabe esperar?
Esperar? A ansiedade vai parar onde com isso? Esperar é um martírio.
Eu quero agora, eu não sei esperar, eu não posso parar.
Um segundo, uma piscada, apenas o espaço da sinapse neural, é o minuto do pensamento. É pra já, pra ontem.
Perdi o valor do tempo, a sabedoria da paciência.

=)

2 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Tatha,

A gente não se levanta do sofá para mudar o canal de tevê, um exemplo simples, mas tem outros mais complexos, do tipo, fazer compras, pagar contas. Então por que essa falta de tempo?
Quando foi que nos submetemos a ser escravos desse senhor?

Enquanto buscamos respostas ele passa correndo e ouvimos sua voz já distante: Você está atrasado!

Beijos!
Alcides

_TaTHa_ disse...

Alcides

É como o diz o sábio Hebert Vianna:

"E o tempo escorre pelas mãos
O sol, já vai se por no mar..."

Quando ve, já foi, já passou.

=)