SOMENTE O TEMPO

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

| | |
E esse mal que ainda me aflige
Essa ferida que ainda me doi
Essa lembrança que não se apaga
A verdade que não sei esconder
Saberei eu, um dia, conviver com tudo isso sem sofrer?
Sem esperar o que não aconteceu?
Sem sentir que não vivenciei?
Sem dar aquilo que não tive?
Somente o tempo há de confortar...
E um dia... tão somente um dia... essa dor há de passar.

=)

2 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Tatha,

Nosso coração é renovável. Basta abrí-lo para que as feridas se fechem. Lógico que leva um tempo. É como um solo após a colheita, precisa ser tratado para que dê frutos novamente.

Beijo em seu coração!
Alcides

_TaTHa_ disse...

Alcides!!!

Adoro suas visitas.

=)