RENDA-SE

segunda-feira, 11 de maio de 2009

| | |
Sou como a brisa que te toca suavemente,
que acaricia tua pele e em poucos minutos me transformo
num tornado que arrasta todos os teus sentimentos,
que bagunça tua razão e te deixa nu,
Está desarmado, perdido.
Tudo isso te assusta? Por quê?
Porque fujo do teu controle?
Porque surpreendo-te a cada passo?
Porque evoco teus sentidos?
Porque consumo suas forças e não saio do teu pensamento.
Renda-se!

=)

3 comentários:

Anônimo disse...

Maninha!
Que intenso esse texto
DuDu

A Palavra Mágica disse...

Tatha,

Se esse tornado arrasta tudo e faz perder o controle, o final do texto no imperativo ficou perfeito!

Negar a situação e não querer render-se é abraçar-se à loucura.

Beijos!
Alcides

_TaTHa_ disse...

Alcides

E quem é que explica um sentimento tão forte senão a loucura?

Bjo
=)