NÃO SOU O EU QUE VOCÊ VÊ

segunda-feira, 19 de abril de 2010

| | |
Um forte, um rochedo
Firme, destemido, decidido...
Não sou o eu que você vê
Independente, inteligente, coerente
Há um outro eu guardado pra você
Frágil, meigo, doce
Delicado, assustado, apaixonado
Medo e dúvidas, quem não os tem?
Há um outro eu guardado pra você
E protegido em seus braços mostro quem


=)

4 comentários:

Fabinho disse...

Lindo e super elegante seu texto!! Parabéns!! Beijos

_TaTHa_ disse...

Obrigada, Fabinho!

=)

A Palavra Mágica disse...

Tatha!

Esse querer se mostrar prova toda a fragilidade-fortaleza de uma coisa chamada amor.

Beijos!
Alcides

_TaTHa_ disse...

Alcides

É a dificuldade da maioria, não é mesmo? Ainda mais hoje, na era do "eu me basto"

=)