Gris

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

| | |
Venha a minha parte de ti
Eis que hoje meu dia é gris
e do meu peito correm rios
meu coração me atormenta
e dormir já não consigo.
Venha a minha parte de ti
Para o bem do meu sorriso
Que já não sabe o que é sorrir
De tanta saudade já não mais vivo
Venha a parte amputada do meu coração
Que se deu como nunca e hoje, desolado
sofre em vão
Que saudades de mim!

0 comentários: