Utilidade

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

| | |
Vou te usar nos meus poemas
Vou te usar quando eu precisar de inspiração
Vou te usar para lembrar das coisas que sempre esqueço
Vou te usar sempre que eu precisar saber de mim
Vou te usar para gostar de musica chata
(e vou gostar de verdade)
Vou te usar quando quiser pensar mais em mim
Vou te usar quando precisar escolher uma cor
Para ser ironica e zombateira,
Para fazer birras, falar não;
Para sofrer, rastejar e me humilhar
Eu vou te usar
Por fim, quando eu quiser de verdade amar,Ainda sim, vou te usar.

0 comentários: