Paciência

quarta-feira, 30 de julho de 2008

| | |

Paciência, meu bem.
Calma. Paciência.
Mansidão, temperança, lucidez.

Você me pede calma, meu bem.
Eu espero.

Eu espero ficarmos no mesmo tempo. Desaceleramento.
Descanso, paz.

Paz. Paciência
Para ver, para entender. Para assentar.
Para o líquido parar de girar no copo, para a flor brotar, para o filho crescer.

Para a nuvem se formar e a chuva cair,
Para a massa fermentar, para a época da fruta da estação,
Para chegar a estação.

Para aprender a andar, falar, escrever
Paciência.

Para obter a cura,
Para sarar da gripe, da enxaqueca, da maldade.
Para a sanidade.

Para ganhar o abraço, sentir o respiro
Para saber-se gente e saber o outro
Paciência.

Paz, paciência, lucidez, calmaria. Temperança e bem.

3 comentários:

Flávia Fabri Cesário disse...

Incrível! Foi exatamente isso que senti ontem em determinada situação! Quando tive vontade de "soltar os cachorros" e começar uma briga sem fim, tive paz, serenidade que me levaram a suspirar e ter PACIÊNCIA! Remédio de todas as dúvidas, incertezas... pois com a paciência o tempo não é tão torturador. Esperar não é tão atormentador.
Essa amiga tão difícil de conquistar é a melhor e maior companheira da harmonia!
Adorei!!!
Beijos!

Alcides disse...

Cris!

Eu estava pensando em postar "Paciência" há uns dias, principalmente depois que escrevi "Enquanto o tempo não pára". Lendo agora o seu maravilhoso texto, lembrei do Eclesiastes "Há o tempo de plantar e o tempo de colher."
Porém a pergunta não quer calar: "Será que temos esse tempo pra perder?"
Aí me lembro do Walter Franco: "Tudo é uma questão de manter/A mente quieta, a espinha ereta/E o coração tranqüilo."

BEIJOS, PAZ E BEM!
Alcides

Cris disse...

Meu caro!
Sábias palavras! Acho que o mais difícil aí é manter o coração tranquilo!rs

Não deixe de postar a sua "Paciência"!

Paz e Bem!