Cúmplices e solidários

segunda-feira, 26 de maio de 2008

| | |
Cúmplices e solidários
Dois corações solitários
Que um dia deixaram de se ver.
Não eram amantes,
Mas a amizade que tinham
Parecia-se com o amor
Porque não havia cobranças,
Nem ciúmes, nem paixão.
Um dia, depois de tanta saudade,
Se reencontraram na mesma cidade
A moça do coração moreno
E o poeta dos fios de cabelos brancos.
Aprenderam a ser mais felizes
Enquanto estiveram distantes
E voltaram a ser como antes,
Não amantes
E agora não mais solitários.
Simplesmente dois velhos amigos
Cúmplices e solidários.

3 comentários:

_TaTHa_ disse...

Cumplicidade eh um sentimento supremo. Talvez muito maior do que amor num relacionamento.
Muito bem detalhado.
Bjo
=)

Flávia Fabri Cesário disse...

Amor de amigo é assim: sem cobranças, sem ciúmes, sem paixão.
É muito bom ter amigos cúmplices, que nos amam conhecendo todos os nosso defeitos e qualidades. Que tem intimidade suficiente pra dar uma bronca quando necessário. Passe o tempo que passar. A distância não importa. Amigos verdadeiros sempre estão juntos no coração.
Beijos!

Lunatiquices disse...

Vc sabe que esse poema parece que foi escrito pra mim? Eu tenho um amor amigo...cumplicidade é tudo nele.